Projeto PWDA

A edição 2016 do prêmio ANP de
inovação tecnológica 2016 premiou o programa PWDa (Programa de Diagnóstico de Problemas de Perfuração em Tempo Real) na categoria inovação tecnológica desenvolvida no Brasil por micro,
pequena ou média empresa do segmento de petróleo, gás natural e biocombustíveis
em colaboração com empresa petrolífera. O software de monitoramento de
perfuração de poços é desenvolvido pela ESSS em parceria com a Petrobras e é utilizado para
manipulação, simulação e análise de dados, principalmente da pressão, oriundos
do processo de perfuração de poços em reservatórios de petróleo.

Aumentando a segurança operacional da Petrobras o programa permite prever
possíveis riscos à equipe de operação, bem como reduzir custos comerciais ao prever e evitar falhas que levam a prejuízos de milhões de reais.

O PWDa é o primeiro software desenvolvido no país com modelos
de cálculos transientes para interpretações em tempo real de possíveis
problemas operacionais durante a perfuração de poços, auxiliando no processo de
tomada de decisão, por meio de metodologia automatizada de análise de dados com
critérios quantitativos, retirando a parte subjetiva da interpretação e
identificação de eventos. 

O projeto PWDa atua no sentido
de garantir a pressão
anular entre os limites de pressão de poros e gradiente de fratura, evitando a
invasão indesejada de fluidos e fratura da rocha. Os resultados obtidos
durante a perfuração são acompanhados e analisados constantemente, condição que
possibilita à equipe técnica detectar possíveis falhas e auxiliar na tomada de
decisão. Funcionando desta maneira:

1-Perfuração de poço: sensores instalados nos
sistemas de perfuração enviam dados importantes para controle da operação.

2-Transmissão de dados: são coletados pelos
sensores da sonda e disponibilizados para aquisição por ferramentas de acompanhamento.

3-Análise de dados: o software PWDa, simula com
base nas informações da perfuração do poço o comportamento esperado e compara
com o que está acontecendo.

4-Interpretação de cenários: com base nos dados
e resultados das simulações, o software é capaz de interpretar diferentes
cenários e prever situações críticas.

5-Tomada de decisão: o engenheiro analisa os
resultados e identifica situações críticas para a operação.

 

 

FONTE:

[1]http://www.esss.com.br/blog/2016/11/projeto-inovador-ajuda-petrobras-a-economizar-80-milhoes-de-dolares/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.