A queda do Petróleo na Venezuela

                                  IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA


Umas das explicações para o recente aumento no preço do
petróleo em direção a US$ 70 por barril se encontra no estado infeliz da
Venezuela. A produção de petróleo  no país caiu 13 por cento em 2017
(contra a média de 2016), com a queda acelerada no final do ano.

Nos últimos três meses, a produção caiu mais de 500 mil
barris por dia para um mínimo de 28 anos, de pouco mais de 1,6m. De acordo com
os últimos números, a queda excedeu o montante exigido no âmbito do acordo de
quotas da OPEP , especialmente devido ao crescimento da produção no Iraque. Mas
para a Venezuela, o cartel do petróleo estaria lutando para atingir seu
objetivo. A questão é se o declínio na Venezuela vai continuar ou a produção
pode ser estabilizada.

Em situação normal, os Venezuelanos deveriam ser um dos
países mais ricos do mundo, com reservas de petróleo comprovadas de mais de 300
bilhões de barris e uma riqueza gigantesca de outros recursos naturais. Em vez
disso, o país está à beira da falência. O governo está trabalhando com a
invenção de uma moeda, que seria 

respaldada nas reservas venezuelanas de ouro, petróleo, gás e diamante. Enquanto isso a taxa de inflação
está em 1178 por cento, de acordo com estimativas não oficiais – o governo
deixou de publicar dados de inflação.

Há escassez de alimentos e um aumento nos nascimentos
causados ​​pela falta de contraceptivos. Cerca de 20 mil pessoas foram mortas
no ano passado em incidentes relacionados ao crime e o país tornou-se uma base-chave
para o comércio de narcóticos da América Latina nos EUA e no resto do mundo.

O colapso da Venezuela como um estado viável acelerou nos últimos seis meses e
seus efeitos começaram a atingir o núcleo dos negócios do país, a produção de
petróleo.

A empresa estatal PDVSA está profundamente em dívida.
Incluindo títulos, notas e outros empréstimos, deve cerca de US $ 56 bilhões. Fazendo que a até Cuba,
uma vez o aliado mais próximo, assumisse o controle da participação da PDVSA em uma refinaria local para compensar as
dívidas não pagas.

A Rússia e a China,
às vezes, sustentaram o governo Maduro, mas agora o limite de generosidade
parece ser algum alívio em termos de reembolso em vez de novos empréstimos. A
falta de equipamentos e investimentos começou a ter um forte impacto na
produção, que agora está de volta ao nível do antecessor de Maduro, Hugo Chávez.

Em teoria, a Venezuela tem capacidade para produzir pelo
menos 2,4 milhões de barris por dia a partir de campos existentes, mas sem
investimento, o trabalho essencial não pode ser realizado e a produção pode
cair ainda mais. A nomeação do major-general Manuel Quevedo como ministro do
petróleo e executivo-chefe da PDVSA, apesar da aparente falta de experiência na
área, sugere que a indústria ainda é um peão político usado para amarrar os
militares para apoiar Maduro.

Na ausência de mudança de regime, não haverá fundos de resgate do
Fundo Monetário Internacional ou de qualquer outra pessoa. Enquanto isso, a
oposição, embora vocal, não possui nenhum poder efetivo. Nessas circunstâncias,
é provável que a produção de petróleo do país fique baixa, e poderia cair ainda
mais em 2018. 

FONTE: 
[1] Matéria sobre a situação venezuelana, pode ser encontrada em, https://www.ft.com/content/9081598a-fe04-11e7-9650-9c0ad2d7c5b5

[2] Nova moeda da Venezuela, pode ser encontrada em, https://g1.globo.com/mundo/noticia/maduro-anuncia-que-venezuela-criara-el-petro-moeda-virtual-similar-ao-bitcoin.ghtml

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.