Formação de bacias em ambientes glaciais.

Você já parou para imaginar como se forma uma
bacia sedimentar em um ambiente glacial? Quais as diferenças para a formação em
um ambiente que podemos considerar “comum”? Bem, como sabemos para que ocorra a
formação de uma bacia sedimentar alguns processos devem ocorrer, em ambientes
glaciais não é diferente. Desde a erosão até a sedimentação essas regiões
sofrem diversas transformações.

As geleiras contem um grande poder de erosão,
sendo que existem três principais formas nesse meio: abrasão, remoção de blocos
e fluxos de água. A remoção de blocos tem um papel fundamental tendo em vista
que a partir dele são formados os detritos que causam a abrasão. A partir da
abrasão são formadas diversas feições geológicas, desde estrias a alguns tipos
de fraturas. O fluxo de água proveniente das geleiras também tem um papel
importante sendo responsável pela formação de outras diversas feições.

estrias formadas em zona glacial

Os sedimentos transportados através das
geleiras contém duas fontes principais: os substratos das geleiras quando
incorporadas a erosão subglacial, ou a partir de encostas que estão próximas. Quando
as partículas são agrupadas pelo gelo elas podem ser transportadas tanto em
zonas subglaciais, supraglaciais ou englaciais.  

Após o transporte , os sedimentos são
depositados, e assim, começa o processo de sedimentação. Dentre as zonas
comentadas, a principal no processo de deposição e sedimentação é a zona
subglacial. Nesse tipo de zona a deposição pode ocorrer tanto no recuo do gelo
quanto no avanço, desta forma produzindo vários depósitos para a ocorrência da
sedimentação.

A sedimentação também pode ocorrer diretamente
nas geleiras. Neste caso, são formadas feições denominadas moraines. As moraines
podem ser classificadas de acordo com a sua posição na geleira e cada uma tem
uma deposição diferente.

Podemos concluir que em alguns aspectos ocorre
uma semelhança entre a formação de bacias sedimentares em ambientes distintos,
entretanto, devido a características físicas, cada local terá sua própria
particularidade durante seus processos.

Luan Victor
Diretoria de Projetos do Portal do Petroleiro
Graduando em Engenharia de Petróleo

REFERÊNCIAS:

http://www.geologiadobrasil.com.br/pdfs/ambientesglaciais.pdf

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.