Quem são os vencedores e perdedores com o barril a US$ 80?

image

                             IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA


Os países
produtores de petróleo estão fazendo caixa, mas alguns setores das nações
consumidoras estão pagando mais por seu combustível.

Com o
Brent a cerca de US$ 80 o barril, quem vence e quem perde com o aumento dos
preços do petróleo? Entre os vencedores estão os principais países produtores
de petróleo e empresas de energia. Em 2017, a Opep e a Rússia começaram a
reduzir a oferta para reforçar os preços do petróleo e as receitas de
exportação.

As economias produtoras em geral se
beneficiaram e o preço do petróleo está ganhando mais apoio à medida que o Irã
foi atingido por uma nova rodada de sanções dos EUA e o setor de energia da
Venezuela está entrando em colapso com um pano de fundo de uma crise econômica,
para completar nessa segunda-feira (21/05) após anunciação da reeleição do
presidente Maduro, o governo americano revelou novas sanções contra a
Venezuela. A melhora nos preços do petróleo já reduziu o déficit orçamentário
da Arábia Saudita, de 12,8% do produto interno bruto em 2016. Este ano,
espera-se que caia para 7%.


entre os perdedores estão às companhias aéreas, os consumidores e a indústria
naval, à medida que o preço crescente do petróleo os aperta. O combustível para
aviação representa um terço das despesas das operadoras aéreas e os executivos
preveem que os custos serão repassados ​​aos consumidores por meio de tarifas
mais altas. A American Airlines, que parou com a cobertura de combustível, viu
suas ações caírem 15% no trimestre atual, tendo reduzido sua previsão de lucro
para 2018.

De acordo com o
Financial Times, reduções nos suprimentos de petróleo dos grandes países
exportadores reduziram a demanda por navios, assim como há um excesso de
navios-tanque prontos para transportar petróleo. Custos maiores com combustível
de bancas estão atingindo os proprietários de embarcações de forma
particularmente dura, já que eles não são capazes de aumentar as taxas de
contratação de navios-tanque em conjunto.

Já em relação ao
Brasil, os combustíveis estão em alta, mas devido os intensos protestos dos
caminhoneiros em 19 estados, a Petrobras reduzirá os
preços de diesel e gasolina nas refinarias a partir de quarta-feira, comunicou
a estatal nesta terça-feira (22/05), em meio a discussões dentro do governo
sobre a alta dos preços dos combustíveis e protestos de caminhoneiros.

O combustível
brasileiro é formado por 55% de imposto. Em 2017 o
governo aumentou em 50 centavos o custo por conta de um aumento no Pis/Cofins.
Em boa parte dos estados, gasolina paga mais ICMS do que outros produtos.
Entretanto de acordo com o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, o governo
não tem nenhuma decisão sobre eventuais mudanças na formação de preços de
combustíveis e também não há espaço fiscal para redução de impostos no momento.

A situação brasileira
é delicada, pois 98% do refino do país esta
nas mãos da Petrobras, isto porque ao longo de cinco décadas construir uma
refinaria privada era proibido. Quando passou a ser permitido, o governo
anunciou $100 bilhões em obras para novas refinarias, muitas delas
superfaturadas. O que impediu o desenvolvimento e concorrência nesse setor,
prejudicando ainda mais a situação dos preços o mercado brasileiro.

João Vitor
Diretoria de Projetos do Portal do Petroleiro
Graduando em Engenharia de Petróleo

FONTE:

[1]
Matéria do financial times sobre preço do barril, pode ser encontrada em, https://www.ft.com/content/8f7bd948-5a89-11e8-bdb7-f6677d2e1ce8

[2]
Preço do barril Brent, pode ser encontrado em, http://www.macrotrends.net/2480/brent-crude-oil-prices-10-year-daily-chart

[3]
Matéria sobre a situação brasileira e combustível, pode ser encontrada em, http://www.tnpetroleo.com.br/noticia/nao-ha-espaco-para-cortar-impostos-governo-ainda-analisa-precos-de-combustiveis-diz-guardia/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.