Depósitos minerais

Muito do grande avanço tecnológico que vem ocorrendo desde o século XX, está conectado com a exploração em depósitos minerais. Sabemos que os diversos tipos de minerais existentes estão espalhados pela crosta terrestre, então como podemos identificar um deposito? Para que algo possa ser considerado um deposito mineral, é necessário que ele contenha uma boa quantidade de substancias minerais localizadas em um local, não necessariamente de forma ordenada. Através de analises na superfície, podemos identificar se uma área é um deposito ou não.
Sabemos então como é possível identificar um deposito mineral, mas como eles são formados? Bem, a formação de um depósito de minerais ocorre através dos mesmos processos geológicos presentes na formação de rochas. Intemperismo, sedimentação, metamorfismo, todos estão presentes na formação do depósito, entretanto são necessárias condições especiais para que haja uma concentração de determinado mineral.
Para que essas condições sejam satisfeitas é necessário que exista uma fonte que forneça a substancia útil a ser depositada e um local para que a concentração seja armazenada. A substancia útil pode sofrer menor ou maior transporte, em um ambiente que permita a sua migração. A fonte pode vim a ser uma rocha pré-existente particular, um sistema geológico mais complexo, porções mais profundas da crosta ou águas retidas dentro de uma sequencia sedimentar.
O transporte que é ocasionado nessas situações geralmente é feito através da água, pode ser acionado através de energia térmica que surge a partir de um corpo estranho no local ou a partir da força da gravidade que faz com que os detritos sejam carregados por um fluxo de água. A substancia útil é pode ser transportada mecanicamente ou como um soluto em uma solução. O local onde a deposição ocorrera varia de acordo com a sua escala e natureza, podendo ser representado pelo manto de intemperismo, fraturas ou plataformas continentais.
A exploração de recursos minerais, como dito anteriormente, tem tido grande importância para o desenvolvimento tecnológico. Grandes depósitos ainda nos dias atuais existem de forma intacta mas é importante salientar que a exploração não seja feita de forma exagerada, de modo a não gerar grandes impactos ambientais muito menos a escassez dos mesmos.

Luan Victor França
Diretoria de projetos do portal do petroleiro
Graduando em engenharia de petróleo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.