Métodos sísmicos na exploração de petróleo

Para que aconteça a exploração de petróleo é necessário que muitos métodos sejam aplicados, como por exemplo, o método sísmico. Imagine um bolo com varias camadas diferentes, pode-se dizer que o interior do planeta tem certa semelhança, e a função do método sísmico é identificar cada camada de rocha que ali está presente e passar dados relevantes sobre a área que esta sendo analisada.
Podemos dizer que o método sísmico utilizado na exploração de petróleo pode ser dividido em três partes: aquisição, processamento e interpretação. A partir de cada uma dessas etapas são coletados os dados, processados e analisados para que se obtenha um modelo que possa servir como base para que a exploração seja inicializada.
A etapa de aquisição ocorre através da geração de ondas elásticas artificiais em pontos específicos da área que esta sendo analisada.  Desta forma, a onda se propaga pelo solo ate atingir a interface de duas rochas com características físicas distintas, onde parte da onda será refletida para a superfície sendo captada por sensores e a outra parte é refratada para o meio inferior.
Dependendo do ambiente onde esta sendo aplicada o método, os receptores que capturam as ondas são de tipos diferentes. Para regiões terrestres são utilizados receptores eletromagnéticos e para regiões marinhas são utilizados sensores de pressão.

image

A etapa de processamento tem como objetivo produzir imagens o mais semelhante possíveis ao interior da área analisada. Nessa etapa os dados são reorganizados para que seja formado uma grade tridimensional com uma amostra de amplitude em cada vértice de grade. Duas das dimensões do conjunto de dados são direções espaciais e estão relacionadas com as posições das fontes e dos receptores. Durante o processamento alguns dados obtidos na etapa de aquisição são transformados, uma dessas transformações faz com que as posições do receptor e da fonte sejam a mesma, desta forma a terceira dimensão pode ser considerada atemporal e pode se dizer que a propagação da onda ocorre apenas na vertical.

image

Na ultima etapa, a de interpretação, é analisado os dados que foram coletados e tenta se criar um modelo que represente a geologia contida na área que foi analisada.  A etapa de interpretação sísmica pode ser dividida em dois tipos: estrutural e estratigráfica. A interpretação estrutural procura reconhecer as camadas geológicas ou as interfaces entre as camadas, assim como as falhas geológicas que traçam as camadas. Na interpretação estratigráfica os geólogos buscam entender como foram formadas as camadas da região através do tempo.

Luan Victor França
Diretoria de projetos do portal do petroleiro
Graduando em engenharia de petróleo

Referências:

https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/11341/11341_3.PDF

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.