Intemperismo e os diferentes tipos de clima

image

O intemperismo é um conjunto de ações naturais que provocam alterações nas rochas, podendo sofrer interferência de alguns fatores como por exemplo o clima. Durante os processos que ocorrem no intemperismo, alterações causadas pelo clima podem ocorrer de modo a favorecer ou não o mesmo.

Se imagine em um ambiente desértico, onde existe uma grande escassez de água e sem a existência de vida florestal abundante. Agora imagine a mesma situação porém em um ambiente com um clima tropical, onde sabemos que a grande quantidade de água, chuvas e florestas. Em  ambos os casos o intemperismo está ocorrendo, porém devido aos diferentes tipos de clima, com mais força em um do que no outro.

Podemos dizer então que  os diferentes tipos de clima da Terra estão conectados aos diferentes tipos e intensidades de intemperismo. Desta forma, segundo o geólogo Roland Brinkmann é possível determinar as características de cada intemperismo de acordo com o seu clima:

  • Clima tropical: é marcado por uma forte e profunda decomposição química que ocorre devido a dissolução e remoção dos elementos químicos mais solúveis.
image
  • Clima com estações úmidas e secas: neste tipo de clima, existe um forte intemperismo químico que  tem como consequência a decomposição do silicatos e a formação de lateritos.
  • Clima árido: não ocorre um intemperismo químico tão intenso, porém devido a estações mais secas, alguns sais aparecem na superfície, como por exemplo a halita e alguns carbonatos.
  • Clima temperado: O intemperismo físico conquista um papel importante nesse caso ao invés do químico. um dos principais exemplos de intemperismo físico neste caso é o processo de congelamento.
  • Clima glacial: Neste caso ocorre predominantemente o intemperismo físico, principalmente através do congelamento. O intemperismo químico em clima glaciais é praticamente desprezível.
image

Embora a ligação entre o intemperismo e os tipos de clima, é possível observar em todo o planeta diversas formas e texturas diferentes do que seria o correto baseado nesta ligação. Assim fica claro que durante os milhões de anos todos os continentes passaram pelos mais diversos climas, transformando e moldando o planeta.

Luan Victor
Diretoria de projetos do portal do petroleiro
Graduando em engenharia de petróleo

Referência:

Suguio, K. Geologia sedimentar. São paulo: Blucher, 2003.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.