ALQUILAÇÃO CATALÍTICA

IMAGEM
ILUSTRATIVA

O
processo de alquilação catalítica consiste na reação de acréscimo de duas
moléculas leves para a síntese de outra de maior peso molecular, catalisada por
um agente de forte caráter ácido. Com a obtenção de cadeias ramificadas a
partir de olefinas leves, é caracterizada por constituir o caminho utilizado na
produção de gasolina de alta octanagem a partir de componentes do GLP,
utilizando como catalisador o HF ou o H2SO4.

Envolve
a utilização de uma isoparafina, geralmente o isobutano, presente no GLP, combinada
a olefinas. Uma gasolina sintética é obtida e serve como combustível de aviação
ou gasolina automotiva de alta octanagem. São gerados também nafta pesada,
propano e n-butano de alta pureza como produção secundária. Permite a síntese
de compostos intermediários de grande importância na indústria petroquímica,
como o etil-benzeno, o isopropril-benzeno (para produzir fenol e acetona) e o
dodecil-benzeno (matéria-prima de detergentes).

Duas
seções principais constituem a unidade: a seção de reação e a seção de
recuperação de reagentes e purificação do catalisador. Algumas variáveis
operacionais exercem efeito pronunciado no processo. São elas: 

– Relação
isobutano/olefinas, mantida em um valor alto para evitar polimerização das
olefinas; 

– Temperatura
de reação: entre 5 °C e 10 °C para o H2SO4,
e entre 27 °C e 38 °C para o HF; 

– Tempo
de reação, dependente do tempo de residência da mistura formada pelo
catalisador e hidrocarbonetos no interior do reator; 

– Pressão
de trabalho, que influencia o desempenho dos catalisadores, apesar de não ser
uma variável de processo.

PROCESSO DE ALQUILAÇÃO CATALÍTICA

 

 

 

Felipe

Diretoria
de Projetos do Portal do Petroleiro

Graduando
em Engenharia de Petróleo

 

FONTE:

[1] Informações de
alquilação catalítica também podem encontradas em: https://petroleoegasunivercamp-blog.tumblr.com/post/95385213263/alquila%C3%A7%C3%A3o-catal%C3%ADtica-aula-7.

[2] Informações e imagem
sobre o processo de alquilação catalítica, refino de petróleo e petroquímica
podem ser encontradas em: http://www.nupeg.ufrn.br/downloads/deq0370/curso_refino_ufrn-final_1.pdf.

[3] Informações sobre
introdução à industria de petróleo podem ser encontradas em: http://termo.furg.br/JAA/IIP/IIP_4.pdf.

[4] Informações sobre
processos de separação podem ser encontradas em: https://pt.slideshare.net/dissonpontes/aula-07-processos-de-separao.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.