EUA preparam sanções contra o gasoduto da Rússia

image

                        Imagem da Construção Offshore do Nord Stream 2


Os EUA estão se preparando para impor sanções ao polêmico gasoduto Nord Stream 2 da Rússia para a Alemanha, advertiu o secretário de energia do governo Trump, visando um projeto que, segundo os críticos, pode ser usado pelo Kremlin como uma arma política. 

De acordoa Reuters, Rick Perry, político dos Estados Unidos filiado ao Partido Republicano disse,

“A oposição ao Nord Stream 2 ainda está bem viva nos Estados Unidos”

e complementou, 

 "O Senado dos Estados Unidos vai aprovar um projeto de lei, a Câmara vai aprová-lo, e ele vai para o presidente e ele vai assiná-lo, o que vai colocar sanções no Nord Stream 2" 

Os oponentes da construção do Nord Stream 2, que custará 9,5 bilhões de euros, irá da Rússia à Alemanha sob o Mar Báltico, temem que Moscou o use para aumentar seu controle sobre o fornecimento de energia na Europa. Principalmente sobre a Ucraniana.

image

                           Figura 1: Mapa do Pipeline Nord Stream 2

Toda essa oposição começou com um novo projeto de lei bipartidário que foi introduzido no Senado dos EUA neste mês. O projeto, patrocinado pelo senador Ted Cruz, republicano, e Jeanne Shaheen, uma democrata, sancionaria empresas envolvidas na colocação de gasodutos de alto-mar para projetos de energia russos, visando diretamente o gasoduto Nord Stream 2, que surgiu como um principal fonte de tensão entre os Estados Unidos e a Alemanha

Qualquer sanção seria um golpe não só para o projeto, mas para a economia russa, dando novo ímpeto a um regime de sanções de cinco anos contra Moscou que cortou algumas de suas maiores empresas de bancos estrangeiros e proibiu muitas de suas maiores proeminentes de fazer negócios no oeste. 

 A Gazprom , grupo energético controlado pelo Kremlin por trás do oleoduto, diz que o Nord Stream 2 é um projeto puramente comercial que aumentará a segurança energética dos consumidores europeus. 

De acordo com o Finanacial Times, os empresários embora estivessem preocupados com a possibilidade de sanções, eles acreditavam que Washington não iria impor medidas, mas apenas aumentaria as ameaças para impedir que empresas ocidentais investissem em futuros projetos russos de energia. 

O

diretor de projetos da Nord Stream 2,  Henning Kothe,  disse que a empresa estava “ciente de que há discussões em andamento nos EUA sobre sanções contra empresas envolvidas no Nord Stream 2”. 

“Nós sabemos que há risco. No entanto, não esperamos que quaisquer sanções sejam impostas. É claro que estamos em contato muito próximo com empresas que trabalham conosco para acompanhar a situação e, se necessário, tomar as decisões necessárias ” 

O Kremlin disse que estava confiante de que o gasoduto seria concluído, independentemente das ações dos EUA.

João V.
Diretor de Projetos do Portal do Petroleiro
Graduando em Engenharia de Petróleo

FONTES:

[1] Matéria sobre sanções americanas ao projeto Nord Stream 2, pode ser encontrada em, https://www.ft.com/content/bf5dd5bc-7ba8-11e9-81d2-f785092ab560
[2] Matéria sobre construção do Nord Stream 2, pode ser encontrada em, https://www.istoedinheiro.com.br/ue-russia-e-ucrania-se-reunem-para-tentar-resolver-conflito-do-gas/
[3] 

Matéria sobre sanções americanas ao projeto Nord Stream 2, pode ser encontrada em,

https://foreignpolicy.com/2019/05/13/us-senate-threatens-sanctions-over-russian-pipeline-nord-stream-two-geopolitics-energy-germany-europe-gazprom/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.